Archive Vendas pela internet: Cresce o uso de Aplicativos e Redes Sociais para compras.

27/08/2019

Imprimir
Compartilhar
aplicativos e redes sociais para compras

Todos os dias, percebemos o quanto o acesso à Internet pelos Smartphones tem crescido em escala geométrica, segundo a pesquisa realizada pela Hootsuite, em Janeiro deste ano, no mundo são mais de 5 bilhões de pessoas conectadas a web pelo celular. Isso representa mais de 65% da população mundial! Muita gente, não é mesmo? Como não supor que essas pessoas, em sua grande maioria, também estariam negociando e comprando pela internet? Pois saibam que o que era esperado já é realidade: Internautas estão usando cada vez mais aplicativos e redes sociais para compras.

Se formos falar sobre o Brasil – diga-se de passagem um dos países com maior percentual de usuários de Internet do mundo – há mais celulares do que pessoas, acredita? Isso mesmo! São mais de 215 milhões de linhas de celular ativas numa população de 211 milhões (estimativas IBGE)!

Ainda segundo a pesquisa Digital in 2019 da Hootsuite, somos mais de 149 milhões de usuários de internet no Brasil e destes, mais de 140 milhões ativos em alguma rede social.  Todas essas informações que colocamos aqui nesse artigo são propositais, justamente para chamar atenção à algo muito importante: Se você quer vender mais, precisa concentrar esforços também na internet! É o momento de fazer um apanhado e avaliar como está sua presença, o seu relacionamento nas redes sociais e os meios que você oferece para facilitar a comunicação com seu público. Se os números apontam que o uso de aplicativos e redes sociais para compras está cada vez maior, por que agir de maneira contrária?

Outra pesquisa bastante interessante foi realizada pelo SPC Brasil e publicada pelo Portal G1, 61% dos internautas brasileiros fizeram compras por meio de aplicativos de lojas no último ano, 33% utilizaram as redes sociais como via de acesso a empresas para realizar alguma compra e 18% compraram algo via WhatsApp.

Fatores que ajudaram a fortalecer aplicativos e redes sociais para compras foram, segundos os pesquisadores: a facilidade de acesso pelo celular em qualquer lugar, a praticidade, o volume de ofertas e, no caso do WhatsApp, o retorno rápido na comunicação com o lojista.

Observamos também uma grande variedade de interesses no que se refere às categorias de produtos ou serviços comprados na web. Segundo as pesquisas, tanto SPC Brasil quanto da Hootsuite, itens como: roupas, artigos de beleza, eletrônicos, cuidados pessoais, viagens (incluindo hospedagens), música, games, entre outros, movimentam mais de 14 bilhões de reais na Internet, por ano.

Vejam este cenário no qual aplicativos e redes sociais para compras são o caminho para alavancar resultados e reflitam sobre a necessidade de estar pronto para esse novo momento:

  • Suas redes sociais possuem conteúdo relevante para se relacionar, despertar o interesse e contribuir com o dia a dia do seu público?
  • Você mantém um site atualizado que seja facilmente encontrado pelos seus clientes tanto pelo computador, quanto pelo celular?
  • Você faz anúncios com a correta segmentação e tom de mensagem para falar diretamente e claramente com o seu público de interesse?
  • Você já possui um aplicativo para sua loja?
  • Seus clientes, ou possíveis clientes, que te buscam via WhatsApp, Direct Message, Inbox ou email estão sendo respondidos? Em quanto tempo?
  • Há alguém preparado para tratar as demandas de contatos diretos, interação com usuários, engajamento, comentários de publicações e envio de respostas?

Esse é o momento de fazer diferente e se destacar.

Archive E agora com o fim das curtidas no Instagram?

19/07/2019

Imprimir
Compartilhar
o fim das curtidas

O fim das curtidas no Instagram, ou melhor, a ocultação dos likes e visualizações de vídeos, para uns é um terror, para outros (e digo que para os mais sensatos!) a oportunidade de se fazer valer o conteúdo de qualidade. Isso nada mais é do que uma valiosa ação da plataforma para que os usuários apreciem de fato, o conteúdo e não números que muitas vezes não representam a realidade e, principalmente, não significavam, na maioria das vezes, conversão efetiva.

As pessoas precisam se envolver verdadeiramente com as mensagens, as empresas devem ir de encontro aos interesses da persona e assim construir sua popularidade, de forma firme e verdadeira, com pessoas que realmente seguem porque apreciam e se interessa pelo seu produto. Mais uma vez, Bill Gates acertou “na mosca”! Sua citação agora está ainda mais viva: “Conteúdo é Rei!”. Aquela que agora assim investir verá a diferença!

O fim das curtidas no Instagram, não significa o fim das suas ações na Rede Social. Encare como o momento mais oportuno de rever suas estratégias, buscar ações sólidas, mensagens atrativas, educativas, bacanas mesmo! E que se sejam simpáticas aos seus reais seguidores. Agora é hora de busca a inovação! Estude profundamente os hábitos desse público, entenda os seus interesses, seus desejos e suas dores.. conheça a representação ideal do seu cliente, da sua persona e, então, entregue a eles aquilo que eles querem e precisam ver, ouvir ou ler. Invista na busca de público qualificado, anuncie para a segmentação correta, mantenha a regularidade e a frequência de publicação. Não “panflete” nas Redes Sociais e colha os resultados que, sem sombra de dúvidas, será positivo.

O fim das curtidas pode ser, sim, o começo… ou o recomeço!

Archive Marketing de conteúdo e a geração de autoridade na Internet.

11/03/2019

Imprimir
Compartilhar
Marketing de conteúdo

Porque é importante investir em conteúdo?

Quem hoje não busca tornar- se uma referência? Até porque, já se sabe que a pergunta atual não é se é preciso estar na Internet ou não. A questão vai além! O ponto agora é como se posicionar e se destacar na web. Empresas e pessoas, dia a dia, buscam a geração de autoridade na Internet, como forma de alavancar seus negócios e promover sua imagem social. Dentre as diversas técnicas, o Marketing de Conteúdo é, com certeza, uma das formas mais eficazes de construir de forma sólida essa tão desejada reputação.

Marketing de Conteúdo consiste em criar e distribuir conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e adquirir uma audiência definida. É oferecer informação que faça diferença para as pessoas, que ajude, que contribua ou que até solucione dores, problemas, ou satisfaça às necessidades da sua persona. Em outras palavras, o objetivo é gerar valor para as pessoas e promover uma percepção positiva sobre a marca o que, por consequência, trará mais negócios.

Se levarmos em consideração as mudanças substanciais que ocorreram nos últimos anos na forma de se comunicar com o público, veremos o quanto a relação também mudou com esses usuários, ou com esses potenciais clientes. Mudança que vai da mídia de massa à mais completa segmentação e ao poder imenso de escolha que, hoje, a internet proporciona às pessoas.

De fato, saímos da era de “empurrar” produtos ou serviços para a era da informação, do agregar de valor. As pessoas têm necessidades, desejos, dores, dúvidas, enfim, um arsenal de emoções e vontades que precisam ser supridas ou solucionadas com algo que realmente faça a diferença e contribua para suas vidas. Aí está a essência do Marketing de Conteúdo: Oferecer informação que traga soluções. Não é só vender, porque esse não é mais o foco! O foco agora está no benefício que o conteúdo pode trazer para quem o recebe. Se o benefício acontece, se a solução aparece, a venda será uma consequência.

Imagine-se agora no lugar do leitor que acabou de achar o que procurava na internet, algo extremamente atrativo e, principalmente, verdadeiro e esclarecedor. Qual sua ação, além de ficar super empolgado por ter encontrado uma resposta aos seus questionamentos? Sim, normalmente se compartilha! E se isso acontece é porque você foi mais fundo, superou às expectativas e, como resultado, criou uma imagem positiva, foi referência, gerou confiança e autoridade.

Próximo passo: As pessoas confiam na sua marca, confiam no que você diz e isso faz com que elas tenham mais segurança em fechar negócios com você ou com sua empresa e, dessa forma, estejam mais propensas a gerar um ciclo de fidelidade com sua marca, além de ser parte fundamental na propagação.

É bom lembrar que os resultados do marketing de conteúdo e essa geração de autoridade não acontecem da noite para o dia, dependem de fatores importantíssimos que estão muito longe da comprometedora ansiedade de muitas empresas e empresários. É necessário manter uma página visualmente atrativa e atualizada na internet, manter uma frequência de publicação de conteúdo relevante e atrativo, estar presente e ativo nas redes sociais, entender o momento certo de conversar com sua persona e respeitar as fases da sua jornada de decisão, entre tantos outros.

Finalmente, o mais importante é decidir começar, planejar cuidadosamente sua abordagem e ações com o foco no benefício e na mudança que você pode ser para as pessoas. Pense nisso!

Archive Email Marketing. Quais suas vantagens?

27/06/2018

Imprimir
Compartilhar
Email marketing

O Email Marketing é uma ferramenta fundamental nas estratégia de Marketing Digital.

Na era em que consolida-se o conteúdo como o grande protagonista da geração de autoridade na internet o bom e velho email jamais poderia ficar de fora das estratégias de marketing de conteúdo. Falaremos nesse post da importância de se manter com qualidade e compromisso essa fortíssima ferramenta: o Email Marketing.

O email marketing faz parte das estratégias que conhecemos como “push”, pois, você quem manda proativamente conteúdo para usuários, que não precisam fazer nenhuma ação para receber. É uma interação entre a marca e seus contatos ou clientes.

É um canal mais lento, à princípio, de custo relativamente baixo mas com alta possibilidade de segmentação, pois você pode definir exatamente quem irá receber sua mensagem e quando irá receber.  Numa estratégia de funil de conversão, o email é o principal mecanismo de nutrição de informações e gerador de relacionamento, até que esse lead se torne de fato um cliente. Ou seja, é por este caminho, que o visitante poderá sentir-se atraído pelo seu conteúdo e seus argumentos e poderá tornar-se um cliente efetivo. É muito utilizado para engajamento e retenção. No entanto, parcimônia!  Esse recurso deve ser usado num segundo estágio da sua estratégia de marketing Digital, pois é necessário que, em algum momento antes, este usuário tenha te fornecido esse endereço, para que daí você o tenha na sua base de contatos.

Além das vantagens que já citamos, uma das mais interessantes é a liberdade de criação. Imagine que num email você pode tratar do tema do seu interesse sem nenhuma restrição criativa, sem limite de caracteres e com a possibilidade de deixar seu conteúdo mais atrativo com a inserção de imagens ou vídeos. Há possiblidade também de deixá-lo mais personalizado, com o nome e sobrenome do destinatário, saudação pessoal ou alguma informação que você tenha sobre esse usuário tornando essa comunicação única para cada um.  Enfim, as oportunidades são inúmeras.

O email marketing deve obedecer a um ciclo de ações numa estrutura escalável de aperfeiçoamento. Ou seja, segmenta-se, engaja-se com conteúdo realmente relevante para  ele, oferta-se e reinicia-se o ciclo. A atenção deve estar em todas as etapas e, em todas, você poderá obter dados valiosos para o prosseguimento e abordagem das suas campanhas. Lembre-se que esse contato escolheu estar na sua base, cabe a você ser interessante o suficiente para mantê-lo nela.  Crie um conteúdo envolvente, com um título empolgante, uma boa apresentação visual, um texto coerente e edificante, uma oferta atrativa, sem esquecer da funcionalidade. Certamente você ficará muito satisfeito com os resultados.

Quer saber mais? Entre em contato com nossa equipe.

 

Archive Já estou no Facebook e no Instagram, não preciso de site! Será?

12/06/2018

Imprimir
Compartilhar
Redes sociais X sites

Redes Sociais X sites – 4 provas definitivas de que você precisa de um site profissional, mesmo que já esteja nas redes sociais.

Em tempos de predominância de redes sociais, ouvimos muitas pessoas argumentando que o presente e o futuro da internet se resumem a isso: Facebook, Instagram, Youtube… Vemos muitas empresas e muitos profissionais limitando sua visibilidade utilizando apenas as redes sociais, como se estas fossem sozinhas a própria Internet. Vamos ao debate: Redes Sociais X Sites.

Rede Social é fantástica, isso é indiscutível. Aproxima as pessoas, humaniza a comunicação, tem uma velocidade de comunicação e interação enorme. Ela informa e entretém com uma força gigantesca. É fato que não se pode pensar em Marketing Digital excluindo a importância da rede social. No entanto, por exemplo, ter uma Fanpage, uma conta no Twitter ou um perfil no Instagram com vários seguidores não é o suficiente para garantir a solidez, a credibilidade e o interesse verdadeiro do seu cliente. Como assim?!

A internet nos possibilita, além de gerar negócios e compartilhar conteúdo, criar autoridade e relevância sobre determinada especialidade. Podemos nos tornar referência em algum tema, algum serviço ou produto. Diante dessas possibilidades, abriremos nesse post a reflexão redes sociais x sites e defenderemos 4 provas de que um site profissional será fundamental na consolidação desses oportunidades.

1. VISIBILIDADE:
Se o seu negócio é off-line (loja física, escritório, consultório, etc), saiba que, mesmo assim, um site aumentará exponencialmente sua visibilidade e poderá trazer muitos novos interessados no seu negócio. Além do que, praticamente todo mundo faz alguma pesquisa na Internet antes de fazer ou comprar algo. Se você tem um site, você está quilômetros à frente de concorrentes que não se preocupam em desenvolver uma presença online sólida.

2. EXCLUSIVIDADE E PERSONALIZAÇÃO: Vamos combinar que, por mais que seja fundamental estar nas redes sociais, o seu perfil no Instagram, mesmo contendo posts e imagens suas, continua sendo uma página do Instagram, concorda? O website é seu! É possível personalizá-lo à sua maneira, com as suas regras. Pode ter um layout exclusivo, atraente, com liberdade de criação, integrações e uma riqueza muito maior de detalhes e conteúdo.

3. FORTALECIMENTO DE MARCA (BRANDING): Um site participa ativamente da construção da autoridade e da força de uma marca. Funciona com um selo de qualidade que passa segurança e confiabilidade para o usuário. Mas, para que isso aconteça dessa forma, seu site precisa passar essa imagem. O fortalecimento de uma marca na web é um processo que inclui uma boa apresentação visual, facilidade de navegação, conteúdo relevante e o que chamamos de encontrabilidade. Seu site precisa ser achado, pois, não adianta estar na internet e não ser encontrado, ou ainda, ser encontrado e a “casa” estar totalmente desarrumada.

4. EXPANSÃO DE MERCADO: Um site te projeta globalmente, é uma ferramenta imprescindível se a sua meta é atuar além dos seus limites geográficos. Um site na internet te oportuniza negociar, de forma econômica, nacional e internacionalmente, pois é ponto basilar para uma boa e eficiente estratégia de marketing. Imagine que através do seu site você pode atrair inúmeros interessados em seus produtos ou serviços através da importância e da atratividade do conteúdo que você gera?

Enfim, sabemos que no universo digital, embora estar nas redes é importante e necessário, uma apresentação profissional fará toda a diferença na firmação da sua marca. Se você já possui redes sociais bem gerenciadas, pense que nada se comparará se elas estiverem integradas a um site bem estruturado, focado em resultados, que reflita todos os valores e missão da sua empresa. Entenda seu site realmente como a sua casa, seu escritório, ou sua loja que você gosta e quer receber pessoas para oferecê-las uma experiência totalmente positiva.

Depois desses argumentos deixamos a pergunta: Será que você não precisa de um site profissional para melhorar seus resultados?

Archive ILION ministra clínica tecnológica sobre Marketing Digital para produtores de cachaça de Goiás

18/05/2018

Imprimir
Compartilhar

ILION é convidada pelo SEBRAE/GO para conduzir Clínica Tecnológica de tema “Marketing digital. O caminho para aumentar resultados.” para associados da AGOPICAL

A tarde dessa última quinta feira, dia 17, foi repleta de conhecimentos. A ILION, à convite do SEBRAE GO, ministrou a Clínica Tecnológica – Marketing Digital, o caminho para aumentar resultados. O evento contou com cerca de 12 produtores de cachaça de Alambique do Estado de Goiás, associados da AGOPICAL. Durante cerca de 3 horas de conteúdo rico, os convidados puderam perceber, na exposição do CEO da ILION – Fabrício Nogueira, a importância de estar presente e ativo na Internet, assim como, a necessidade de desenvolver ações de marketing Digital para promover alavancar seus negócios. A clínica contou ainda com a presença da Consultora Empresarial Aunersa Lima, que abriu o evento falando sobre marketing, branding, registro de marcas e patentes e do planejamento como peça fundamental para a execução projetos bem sucedidos.

No evento, todos tiveram a oportunidade de ver dados sobre o crescimento da internet no Brasil e no mundo, a evolução das ferramentas, o perfil dos internautas, as expectativas do usuário de internet com relação ao mercado de bebidas,  além de conhecer um pouco mais sobre presença web, internet das coisas, ecommerce, redes sociais, as novidades em recursos para engajamento e interação com o público e dicas para melhorar seu posicionamento na Internet.

As Clínicas Tecnológicas fazem parte das ações do SEBRAE, através do projeto SEBRATEC, que aproxima prestadores de serviços tecnológicos dos pequenos negócios, oferecendo acesso à mão de obra especializada em sete áreas de conhecimento, subsidiando até 70% dos custos de projetos de: design, produtividade, propriedade intelectual, qualidade, sustentabilidade e tecnologia da informação e comunicação (TIC) e inovação

Saiba mais sobre Marketing Digital, acessando nosso site

Archive O que seus clientes esperam de uma loja virtual

09/05/2018

Imprimir
Compartilhar
como atrair mais clientes

Descubra como atrair mais clientes para seu ecommerce.

Nós estamos tratando do tema vendas online em nossas publicações já há algum tempo. É notório o crescimento dessa modalidade de comércio, pelas suas inúmeras vantagens. Hoje abordaremos o assunto do ponto de vista do consumidor. Como atrair mais clientes? Consideramos extremamente importante elencar alguns tópicos para que vocês possam avaliar suas ações em relação à sua performance de vendas na internet, ou ainda, te municiar de informações relevantes caso esteja planejando ingressar nesse universo.

Diversidade

A diversidade é a característica mais marcante da internet. É espaço de informação e consumo para homens e mulheres, jovens, adultos ou idosos, sem distinções entre faixa etária, gênero, etnia, classe social, religião, opção sexual ou qualquer outra. Logo, as empresas precisam se preparar a lidar com a diferença de interesses, que não se manifesta apenas no conteúdo, mas também em relação aos produtos escolhidos para a compra nos sites;

Faixa etária

Atualmente, e diferente do que a maioria imaginava, não é só de jovens que a internet vive, principalmente quando o assunto é comprar pela Internet. Para sua surpresa, 38% dos compradores de lojas virtuais têm, em média, de 35 e 49 anos, seguidos pelos consumidores com mais de 50 anos, que representam 31% desse mercado. Interessante, não é?

Atrativos

Comodidade e facilidade são fatores que os usuários levam em consideração para decidir por uma compra, mas não devemos esquecer NUNCA que o preço também é um enorme atrativo para as lojas virtuais. Segundo uma pesquisa do SPC, 50% das pessoas buscam por preços melhores na internet. Atente-se também às questões como garantias, políticas de troca e devolução sem burocracia. Clientes querem estar seguros de todos os lados.

Dispositivos móveis

Agregar esses pontos a uma plataforma ecommerce de fácil navegação, sem dúvida, conquista clientes. Quando falamos em facilidade, estamos falando também de oferecer a esse cliente acesso nos seus mais variados dispositivos, principalmente nos dispositivos móveis. Acreditem, mais de 80% das vendas são concretizadas via smartphones ou tablets!

Canais de Atendimento

Não poderíamos deixar de citar nesse artigo a importância de diversificar os canais de atendimento. A tendência mobile leva a um grande crescimento de busca por atendimento via WhatsApp, por exemplo.  Outra garantia de uma boa visibilidade e consequente sucesso é estar em destaque nas redes sociais. Não só como canal de divulgação, mas como canal de atendimento e gerador de conteúdo. Tornar-se referência e fazer dos seus clientes embaixadores da sua marca.

 

Percebe como é importante estar atento a tantas alterações nos hábitos de consumos e nas tecnologias? A correria do cotidiano e a disseminação da internet rápida nos coloca numa situação de necessidade ainda maior de acompanhar essas mudanças, para nos mantermos fortes e ativos no mercado. Nada de ficar para trás!!!

DICA EXTRA: Saiba mais sobre ecommerce e como aumentar seus resultados baixando gratuitamente nosso e-book.

Download-gratuito

Baixar GRÁTIS

Referências:
www.profissionaldeecommerce.com.br
www.ecommercebrasil.com.br/
www.ecommercenapratica.com
www.dci.com.br

Archive 5 motivos para você investir em um e-commerce.

18/04/2018

Imprimir
Compartilhar

A busca por praticidade, mobilidade e agilidade tem sido o principal motor que impulsiona o crescimento exponencial da utilização de canais web para acesso a informação e compras (e-commerce).

No quesito compras online, em especial, os números revelam que ano a ano essa modalidade de consumo só tem aumentado, para as mais variadas categorias de negócios e perfis de público. Mesmo em tempos de crise, o e-commerce tem mostrado crescimento, ao contrário dos resultados apresentados pelo varejo físico. Crescimento de 12% em 2017 e projeção de crescimento de 15% agora para 2018. Para termos uma ideia, a Black Friday de 2017, segundo dados do Ebit, representou nada mais, nada menos, que 2,1 bilhões em faturamento e cerca de 3,76 milhões de pedidos via compras online. Outro dado interessante é que 28% desses pedidos foram feitos pelo celular, aumento de 81% no share em relação ao ano anterior!

De acordo com dados divulgados pelo estudo “E-commerce Radar 2017 – Resultados do mercado de e-commerce do Brasil” da Neomove, em parceria com ABComm, o principal motivador das compras online continua sendo as buscas no Google, já que 52% dos pedidos são originados deste canal. A aquisição de clientes, porém, passa pelo e-mail marketing, redes sociais, entre outros.

Sem dúvida, a tendência é que essa forma de comprar acompanhe o crescimento e a transformação da sociedade e atingirá até mesmo aquele público mais resistente a esse novo formato. Estima-se que, até 2020, o número de compras online dobre no mundo todo. Logo, o futuro do e-commerce no Brasil é bastante promissor! Segundo a ABComm, as previsões de crescimento superam os R$ 60 bilhões em faturamento. Dá para animar, não é mesmo?

Mas enfim, se você já empreende no e-commerce, parabéns! Sabe que está no melhor caminho. Mas se AINDA não, vale a pena conhecer alguns motivos e repensar a decisão. Aqui listaremos 5 vantagens (além de toda a argumentação que já fizemos acima):

  1. FACILIDADE PARA COMEÇAR E INVESTIMENTO INICIAL BAIXO: Diferente de um negócio físico que envolve diversas questões burocráticas, adaptações de local, financiamentos que demandam tempo, um e-commerce pode ser estruturado em poucas semanas. O custo operacional é muito mais baixo que numa loja física (equipe reduzida, comissões, aluguéis, despesas operacionais) e o valor investido na elaboração e manutenção do e-commerce pode ser rapidamente compensado pelo fluxo de vendas, o que torna seu negócio sustentável em um tempo bem menor.
  2. FUNCIONAMENTO EM TEMPO INTEGRAL: Ainda fazendo comparações com as lojas físicas, a loja virtual “não fecha”. Isso significa mais oportunidade de negócios. Afinal, você está disponível 24 horas por dia e 7 dias na semana!
  3. FLEXIBILIDADE PARA VENDER: As opções são ilimitadas. Você pode montar um portfólio variado de produtos, como pode também se dedicar a um nicho específico. O comércio online permite a alternância entre diferentes estratégias de vendas, tornando-as mais flexíveis. Ou seja: mesmo que hoje você tenha um nicho específico, nada impede que você amplie sua oferta de produtos e serviços amanhã. Isso é possível uma vez que tais alterações demandam baixos investimentos. Outro ponto é que com um custo operacional menor, o comércio eletrônico consegue ter preços mais agressivos, condições e formas de pagamento muito atrativas para o mercado.
  4. SEM BARREIRAS GEOGRÁFICAS: Imagine que você, além de ter sua loja aberta todos os dias, você também pode vender para qualquer pessoa, em qualquer lugar. Não há fronteiras e suas possibilidades são infinitamente maiores.
  5. ATUALIZAÇÕES CONSTANTES E INTEGRAÇÃO: Na internet, você pode dar uma cara nova a sua loja sempre que quiser, a depender da ação promocional, da campanha ou do momento da empresa. É possível criar ambientes virtuais diferenciados, personalizados e, além disso, integrar componentes que propiciarão maior engajamento do seu público (Facebook, Instagram, Twitter, etc). Com todas as vias de comunicação conectadas em tempo real, você tem a vantagem de poder interagir e se relacionar com seus e clientes com muito mais agilidade e qualidade, gerando empatia e fidelização.

Essas são apenas algumas das muitas vantagens de investir nessa forma de negócio. Nada impede que, quem opera com lojas físicas, também parta para estratégias virtuais. Aliás, essa é uma forma muito interessante de inovar. É um excelente caminho para potencializar seus resultados. Que tal começar?

E-commerce- 5-motivos

Por: www.ilion.com.br

 Referências: Portal Administradores, Portal Profissional de E-commerce, Sebrae, Portal E-commerce de Sucesso, Economia de Serviços, E-Commerce News, Escola de E-commerce

Archive 3 dicas eficientes para tornar o seu site mais atrativo.

09/04/2018

Imprimir
Compartilhar

Oh céus! Meu site não tem sido mais visitado! O que está acontecendo? O que faço para aumentar o tráfego e deixar  meu site mais atrativo?

Essa é a pergunta de muitos empreendedores quando investem em plataformas digitais, como parte do seu negócio, ou até mesmo como o negócio em si. Mas será que há um culpado? Quem será o vilão desse folhetim?

Enfim, antes de elucidar, algumas razões pelas quais sites perdem tráfego, ou seja, perdem visitantes, é importantíssimo entender que atualmente a grande maioria das pessoas  passam a maior parte do tempo no celular ou smartphone. Isso mesmo! A gente olha para esse aparelhinho cerca de 150 vezes por dia! E vamos mais além:

• Seis em cada 10 espectadores assistem TV com um gadget na mão. Só no YouTube, o acesso mobile passou de 6% para 40% nos últimos dois anos. ( Fonte: Mobile Day, Google)

• O celular traz dicas de estabelecimentos próximos, coloca seu negócio no mapa, transforma a busca e te ajuda a escapar dos congestionamentos. Vejam só esses números: No primeiro trimestre de 2017, as vendas de smartphones cresceram 9,1% em comparação com o ano anterior, totalizando 380 milhões de unidades vendidas globalmente ( Fonte: Consultoria Gartner) . O número de acessos móveis à internet no país ultrapassou a marca de 200 milhões e, se considerarmos o número de acessos nas tecnologias 3G e 4G chegamos }á marca de 202 milhões (Fonte: Telebrasil).

    • Quer mais? Segundo um relatoria da GSMA, o Brasil é o pais com mais celulares conectados em toda a América Latina!

Com todas essas informações podemos agora elencar alguns “suspeitos” que podem estar tirando a visitação do seu site.

  1. Você já deve ter percebido que hoje o mundo é mobile. Se você também é uma pessoa que quando lembra de algo que precisa, pega o celular que está no bolso e faz uma pesquisa antes ao invés de ir ao computador, ou ligar… Eureca! Você também prefere sites responsivos! E saiba que o Google também. Logo, ele dará preferência à sites responsivos nas pesquisas.
  2. Difícil navegação também é um problema! Quanto mais simples e leve, mais atrativo será o seu site. Para ter força nas pesquisas do Google também. As pessoas precisam encontrar facilmente o que estão procurando na sua página, ou que esteja claro o que ação você quer que eles tomem no seu site. Ah! Aqui vale fazer um adendo sobre a duplicação de conteúdo, nada de Ctrl C + Ctrl V de outros sites, ok?
  3. Otimização de palavras chaves, ou melhor, o uso adequado delas, te garantirá uma boa repercussão na rede e nas buscas. É importante monitorar a concorrência, o comportamento do público e saber que algumas keywords não são eternas. Outro ponto fundamental no quesito otimização: o SEO (Serch Engine Optmization) não pode ser ignorado de forma alguma. Uma boa classificação significa muito mais visitas oriundas de buscas orgânicas para o seu site. Portanto dê atenção ao título da página, à url, à descrição e às demais técnicas que permitirão sua pagina está entre as primeiras nas ferramentas de busca.

E aqui a gente ainda deixa uma dica extra. O comportamento do consumidor vem mudando. A internet hoje é a principal engrenagem de busca de informações. As pessoas têm se atraído muito mais por assuntos  relevantes, que fazem valer algo em suas vidas e, principalmente, por praticidade. Seja claro nos seus conteúdos e sempre cumpra o que promete. Seus visitantes precisam ter vontade de visita-lo novamente. Invista também nas suas redes sociais como forma de engajamento e geração de oportunidades. Ainda há tempo de começar, se adequar, ou até se reinventar.

Conheça mais: www.ilion.com.br

Referencias do post: Agencia Mestre, Novo Empreendedor, Google Mobile Day, Bizill, Profissional de E Commerce.

Imagens: Freepik

Posts Relacionados